• Thati Scomparotti

Doces, docinhos como escolher os quitutes da festa

e deixa-la ainda mais saborosa

#festa #docinhos #comemorar #quitutes #docesfinos #docespersonalizados



Doces, doces e doces

A entrada da noiva é um momento esperado. Aquele toque das trombetas seguido pela marcha nupcial faz os corações dispararem. Mas, no casamento, há outra atração tão aguardada quanto e que faz os olhos brilharem. Os doces. A mesa de doces. As lembranças em forma de doces. Sim, eles são essenciais na festa e, sim, eles chamam atenção dos convidados. Que atire a primeira pedra quem nunca flertou com a mesa de doces logo no início da comemoração e ficou rodeando até sentir que era hora de partir para o ataque. Ou, então, quem nunca bancou o discreto e colocou uns docinhos a mais na bolsa para comer no dia seguinte. Sejam os bem-casados, brigadeiros, camafeus, trufas ou pães de mel. Sejam simples ou gourmetizados, os doces de casamento fazem parte do ritual, merecem atenção e cuidado por parte dos noivos e são os queridinhos dos convidados. Agora, se os tradicionais já deixam tudo mais bonito e saboroso, imaginem os personalizados, criados exclusivamente para aquele dia, para aquele momento e para aquele amor de dois. Vem com a gente e saboreie sem culpa.

Doce criatividade



Para inovar é preciso criar. Por isso, na hora de escolher quais serão os doces do seu casamento, busque opções criativas, saia um pouquinho do óbvio e ouse nas combinações. Discuta com o buffet quais as possibilidades de mesclar os tradicionais docinhos com algo diferente, fora do comum. Misturar aromas e texturas que podem vir das frutas e das castanhas. Pensar em formas diferentes de apresentação, como a versão mini de doces famosos como a brasileiríssima tapioca e o amado churros, e brincar com disposição dos doces na mesa, como colocá-los em baús, por exemplo. Ações simples como essas, mas que podem fazer a diferença em uma festa e incrementar o sabor do evento. “Os doces fazem parte da decoração do casamento. Eles chamam a atenção para determinados lugares, compõem espaços e tornam o momento muito especial. Os doces representam um cuidado por parte dos noivos com seus convidados”, afirma a confeiteira, Raphaela Gallo, da Dondoka Doces


Doçura personalizada



Para tornar especial, é preciso que seja único. O casamento é dos noivos e o estilo deles deve estar presente em cada canto. A gente não cansa de dizer que é preciso ser real, de verdade, com a essência dos dois ali, sendo vista e sentida. Os quitutes da festa também vão representar o casal e, por isso, devem ser definidos com esmero. A escolha dos sabores e a forma como serão servidos já carregam um pouco dessa personalidade, mas é possível ir além. É possível colocar nos doces as características do casal, como as iniciais dos nomes ou, então, um objeto que remeta a um hobby muito marcante dos noivos, por exemplo. Para a personalização, é preciso que haja uma entrevista com os envolvidos para que se possa conhecer um pouco da história de amor vivida ali, dos gostos e das particularidades que formam o casal. Raphaela acredita nessa nova tendência de inserir nos doces alguns elementos personalizados, mas alerta que é preciso ter cuidado para não deixar com um ar infantil. “Por isso, essa conversa inicial com os noivos é importante. Você consegue traçar o perfil e, dentro deste perfil, sua criatividade vai trabalhar”, destaca a profissional. Com bom gosto, a personalização só vai agregar à festa. “Os doces são essenciais para que a festa seja mais gostosa tanto no paladar como no visual”, conclui Raphaela.


A Raphaela Gallo, da Dondoka Doces, é especializada em doces personalizados e você encontra ela aqui, óh: @dondoka.doces.

0 visualização

Quattro Fotografias 

e-mail site.png
whats site.png
face para o site.png
youtube para o site.png
pinterest para o site.png
local icon site.png
Insta para o site.png

Campinas, SP